Tratamento

RONCO E APNEIA
.

Sempre ouvimos falar ou mesmo convivemos em situações em que este distúrbio do sono não só incomoda, mas também constrange;  não é raro ouvirmos dizer que o barulho provocado pelo ronco faz distanciar pessoas por, às vezes, se fazer ouvir, ainda até em outros cômodos da casa. Pessoas que sentem constrangimento de viajar em trajetos longos, evitando-os, por este motivo, sendo que, uma vez tratado, já reverte o mal-estar conjugal, trazendo melhora na qualidade de vida.

A odontologia associada a medicina do sono formulou uma nova área de atuação, chamada de odontologia do sono, sabendo-se que muitas estruturas de atuação odontológica, ao serem modificadas logisticamente, podem reverter significativamente os sintomas deste distúrbios, para isto disponibilizamos aparelhos intra-orais, individualizados e usados apenas para dormir.

QUALIDADE DO SONO

Passamos um terço do tempo de nossas vidas dormindo e, durante o sono, é muito difícil percebermos que processos patológicos que não causam desconforto suficiente para nos manter acordados, estejam acontecendo em nosso corpo. Como não estamos conscientes, não percebemos e nem acreditamos que estamos doentes, principalmente nos casos de apneia obstrutiva do sono, já que, quando chegamos a acordar, o ruído do ronco, que é seu principal sintoma, parou segundos antes.

O ronco, conhecido por todos, pode esconder um mal maior: A APNEIA - Síndrome da Apneia e Hipoapneia Obstrutiva do Sono (SAHOS). Caracterizada pelo colapso do conduto para a circulação das vias aéreas superiores, é a repetida interrupção da respiração durante o sono, com a persistência do esforço respiratório.

CONSEQUÊNCIAS

É importante saber também que a apneia potencializa a depressão, aumenta a ansiedade e compromete o sistema cardiorrespiratório, favorecendo AVC, a impotência sexual, eneurese (incontinência urinária) e a nictúria (frequência alta de micção noturna), causando desconfortos e constrangimentos sociais e familiares, além de nas últimas literaturas científicas ser considerada como fator de risco de morte. 

TRATAMENTO

Aparelhos  Intra-bucais Odontológicos (AIO)

Visam reposicionar a mandíbula em uma situação anteriorizada de tal maneira que aumente tanto o espaço para a língua dentro da boca, quanto a resistência desta musculatura, desobstruindo a faringe durante o sono.

Os aparelhos orais são placas presas aos dentes, que se articulam entre si avançando a mandíbula e, com isso, afastam os tecidos da garganta, evitando o ronco e a apneia do sono. De fácil adaptação, são indicados nos casos de ronco primário (sem apneia) e nas apneias obstrutivas leves e moderadas. Tem sido uma alternativa mais conservadora no tratamento do ronco e da apneia do sono para os que se mostram reticentes ao uso do CPAP (citado acima). São adaptados por dentistas com conhecimento e treinamento em medicina do sono, pois são meticulosamente confeccionados a partir de medições e análises profundas das vídeo-polissonografias. As limitações para o uso destes aparelhos são: pessoas que usam dentaduras, pessoas muito obesas com apneias acima de 30 eventos por hora e com apneias centrais (comandadas pelo SNC) e pacientes com problemas na ATM.

A vídeo-polissonografia: Exame executado em clínicas devidamente estruturadas que monitoram, de forma completa, o ronco, a presença de apneias, e demais avaliações realizadas por neurologistas especialistas em medicina do sono.

TRATAMENTOS

DISFUNÇÕES DA ATM

DISFUNÇÕES DA ATM

Óbvio que falar sobre tratamentos aqui, seria um contra-censo dada a infinidade de procedimentos que podem ser realizados, mas resumidamente ...
Saiba Mais
RONCO E APNEIA

RONCO E APNEIA

Sempre ouvimos falar (ou mesmo convivemos) em situações em que este distúrbio do sono não só incomoda, mas também constrange
Saiba Mais
OCLUSÃO

OCLUSÃO

Oclusão Dental é um termo utilizado na odontologia e significa basicamente o encaixe de nossos dentes. Sabemos hoje que toda nossa mastigação é guiada...
Saiba Mais
REABILITAÇÃO ORAL

REABILITAÇÃO ORAL

Reabilitação sobre Implantes em paciente Desdentada Superior e Parcialmente Inferior
Saiba Mais
ESTÉTICA

ESTÉTICA

Solum aliquid appareat inn masques, alterat impetus nec ut, errorsque peloq mantem astk qualisque at vis. Mei nisl oratio, visoq un scribe nturdob
Saiba Mais
IMPLANTES

IMPLANTES

Reabilitação sobre Implantes em paciente Desdentada Superior e Parcialmente Inferior .
Saiba Mais
Tag3 - Desenvolvimento Digital